Área do Associado Entrar
Educação do Estado tem planejamento  revolucionário

Educação do Estado tem planejamento revolucionário

Secretário Comte Bittencourt apresenta TAG em reunião conjunta do Rotary

Publicado em 16/04/2021

Na noite da última segunda-feira, 12, o Rotary Club de Nova Friburgo Caledônia e os demais clubes de Rotary: Nova Friburgo, Nova Friburgo Imperador, Nova Friburgo Suspiro e Nova Friburgo Olaria, promoveram uma reunião online para trazer um tema de grande importância nos dias atuais: a educação. O Planejamento Estratégico em Educação no Estado do Rio de Janeiro foi apresentado pelo Secretário de Educação do Estado do Rio de Janeiro, Comte Bittencourt.

Plínio Comte Leite Bittencourt é professor, natural da cidade de Niterói, está entre os 10 deputados mais atuantes da Alerj até hoje, e atualmente comanda a pasta de educação do Estado. Em sua carreira parlamentar, obteve a aprovação de mais de 30 leis pela melhoria da qualidade do ensino público, entre outras grandes conquistas.

A rotariana Fany Zissu iniciou a palestra, dando as boas vindas e contando um pouco da história e carreira de Comte Bittencourt, destacando sua longa trajetória e ampla atuação na política.

Comte iniciou sua fala já abordando as dificuldades sofridas pela educação no ano de 2020 e 2021, em mais de 300 dias de afastamento das atividades presenciais, sendo a quarentena escolar brasileira, a mais longa do planeta. Foi preciso pensar num planejamento estratégico concreto, estabelecer caminhos para educação pública e aplicar então os recursos de forma responsável em toda a rede estadual de ensino.

Dentro do Planejamento Estratégico, introduziu-se o TAG, que significa Termo de Ajuste de Gestão, que é um Termo de Acordo que a Secretaria está fazendo com os órgãos de controle do estado.

O cenário da educação em 2020 no estado não era nada fácil, com grande potencial de abandono das aulas; o ensino remoto deficiente em equipamentos, internet, tecnologia; dificuldades em manuseio pelo corpo docente; além de carência de professores na rede e muitos outros.

A partir disso, foram estabelecidas algumas resoluções com base em 5 pilares de atuação: Busca ativa, Avaliação Diagnóstica, Parque Tecnológico e Conectividade, Infraestrutura e Formação.

Na Busca Ativa, o principal objetivo é manter o aluno na escola. Para isso, foram realizadas campanhas para resgatar o vínculo do aluno e estimular a renovação de matrículas. Uma das preocupações da SEEDUC é a abertura de vagas na rede. Foi realizada então, uma organização da rede e abertas mais de 80 mil novas vagas para a primeira fase de 2021 e mais de 88 mil vagas para a segunda fase. Nova Friburgo obteve uma taxa de 95% de renovação de matrículas na rede estadual.

Na Avaliação Diagnóstica, foi realizada uma avaliação socioemocional com os alunos, para avaliar como o estudante se comporta e lida com emoções, em função da longa quarentena escolar. Um número impressionante de 478 mil estudantes estiveram presentes nas escolas do estado nos dias 08 de fevereiro a 05 de março para a aplicação dos questionários de pesquisa.

No pilar da Conectividade, as ações da SEEDUC já resultaram em um total de 89,78% das escolas do estado com internet de qualidade. Estão sendo aplicadas também, estratégias pedagógicas para o ensino híbrido (videoaulas, podcasts e orientação de estudo). Comte pôde fazer uma pequena demonstração do “Applique-se”, aplicativo da Seeduc que proporciona acesso a todo o conteúdo elaborado pelos professores.

O pilar Parque Tecnológico consiste na atualização de equipamentos, implantação de laboratórios multimídias nas escolas do ensino médio e também no Departamento Geral de Ações Socioeducativas (DEGASE), como notebooks, impressoras 3D, programação de games, prototipagem de projetos e muito mais.

Na infraestrutura, foi apresentado o panorama atual do Rio de Janeiro, de cidades que se encontram em situações deficitárias de escolas, onde o objetivo é então diminuir em 30% o déficit de vagas no município do Rio de Janeiro e zerar em todo o restante do estado.

No pilar da Formação, Comte demonstrou diversos programas de qualificação para docentes (novo ensino médio), especialização voltada para o empreendedorismo, gestão e liderança.

Já nas considerações finais da palestra, o secretário apresentou o programa de valorização e incentivo na educação básica em que a SEEDUC viabilizou um repasse a 17 municípios que alcançaram a meta do IDEB. Na região de Nova Friburgo, 2 municípios recebem o repasse: Bom Jardim e Duas Barras.

O planejamento estratégico, exposto na reunião, representa mais de 1 bilhão de reais em investimentos na educação fluminense, distribuídos em aumento na folha de pagamento, auxílio tecnológico, reajuste em auxílio alimentação e contratação de novos profissionais.

O conteúdo foi compartilhado no Canal do YouTube do Rotary e está disponível para visualização, através do link: http://www.youtube.com/watch?v=oxxEzTScTig

Voltar