Área do Associado Entrar
Søllytch cria a Plataforma Desk-lab Q Pro em parceria com a UFRJ, os municípios de Cachoeiras de Macacu, Itaboraí e o Conleste

Søllytch cria a Plataforma Desk-lab Q Pro em parceria com a UFRJ, os municípios de Cachoeiras de Macacu, Itaboraí e o Conleste

Publicado em 01/04/2022

A Sollytch, startup associada a ACIANF que atua no setor agro/sustentabilidade, criou a plataforma digital Desk-lab Q Pro. A apresentação oficial acontecerá em maio, no evento RISE 2022 (Rio Scientific Entrepreneurship) em Cachoeiras de Macacu. A Desk-lab Q Pro será o ambiente onde laboratórios físicos se conectam digitalmente permitindo a colaboração entre laboratórios de empresas, centros de ensino e pesquisa nacionais e internacionais.
A plataforma é de uso interno dos laboratórios envolvidos e conta com funcionalidades de gestão da qualidade analítica, metrologia química e biometrologia para apoiar a prestação de serviço e os setores de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). Inicialmente esta primeira versão da plataforma será utilizada pelo Laboratório Agrícola de Cachoeiras de Macacu conectado ao Laboratório de Micropoluentes da UFRJ e aos serviços da startup que passam a operar de forma articulada neste corredor digital. O Laboratório Agrícola será inaugurado brevemente e é uma iniciativa conjunta de membros da Rede de Inteligência Verde (Prefeitura de Cachoeiras de Macacu e Itaboraí, UFRJ, Søllytch e Conleste - Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Leste Fluminense).
Segundo a CEO da Søllytch Mônica Vianna, a estrutura de um laboratório físico com equipamentos sofisticados é extremamente cara não somente na sua construção, mas principalmente na sua manutenção. “Não propomos duplicar estruturas já presentes em nossos centros de pesquisa e que vêm acumulando problemas para seu funcionamento. Nossa proposta é potencializar estas estruturas existentes as conectando diretamente à laboratórios regionais. Assim, promove-se a convergência de mais recursos para estruturas já em operação e rapidamente se viabiliza o seu acesso às cidades do interior do Estado”, conclui a empresária.
Através desta plataforma será possível integrar as atividades de análise química, física e biológica, o geoprocessamento e o sensoriamento remoto, estratégias de monitoramento, controle e suporte à decisão. A comunicação entre os laboratórios de centros de excelência como a UFRJ e laboratórios regionais com condições mais limitadas permite ampliar os serviços oferecidos por estes laboratórios locais. Esta integração via plataforma, também permitirá um fluxo ágil de informações entre o campo e os laboratórios.
Para destacar os benefícios principalmente à Educação Profissional, é importante mencionar que este acesso remoto à laboratórios e a equipes qualificadas facilitará o acesso à cursos e treinamentos para a qualificação de mão de obra nas cidades do interior para a operação de equipamentos de maior complexidade e tratamento de dados. Alguns cursos já estão sendo planejados e serão oferecidos pela Søllytch através da ACIANF dentre outros canais.

Voltar